tristeza

Eu estava sentada e ela entrou sem bater.
Não estranhei.
E não precisei olhar pra trás pra ver quem era, eu já a esperava.
Sentou no sofá ao meu lado, ficamos assim, sem emitir nenhum som, fingindo ver a TV, que também não dizia nada.
Tocou o meu braço, que eu não quis sentir. Mas de que adiantava? Folheei uma revista, ela foi fazer um chá...
E aqui estamos ainda.
Ela não larga mais a minha mão.
E eu sei que não vou mais seguir sem ela.
ao melhor som de Piazzolla escrevo estes versos, que por objetivo tem nada dizer
e assim vou, de palavra em palavra, sem nenhum propósito, sem nenhum querer
sem esse fardo que é a vida, apenas mexendo com os pés, rodando pelas milhas que alcanço
sem pagar passagem, sem carregar bagagem
montando um quebra-cabeça qualquer, encaixando peças ao acaso
mas sabendo, definitivamente, que o tempo é meu e faço dele o que bem quiser
sorrisos são assim, de graça
¿Cuánto tiempo sus ojos han perdido la definición de sólo mirar?




"Ele me comia com aqueles olhos de comer fotografia."

- Ah, eu não quero falar dessas coisas chatas não! Que mania... Vou é pentear meu cabelo, que ficou todo embaraçado depois de tomar vento... Cheio de nó. E faz favor de não insistir! Passa a escova?
- Eu gosto de você, sabia?
- Eu continuo aqui.
- "Logo de pequena, com 8 anos, apanhava água todo dia. Era tão longe... Levantava de madrugada. Às vezes chegava lá, não tinha água. Tinha que esperar minar no tanque...Aí eu cochilava. Às vezes perto de casa o pote quebrava. Aí tinha que voltar outra vez... Chegava em casa com fome, mas ainda tinha que fazer o almoço. Tinha que lavar roupa dos irmãozinhos. Eu chorava no sol com a bacia de roupa pra lavar.
Meu pai tinha uma roça de milho perto da porta de casa. Um dia juntou eu com os colegas e fomos quebrar espiga com cabelo todinhas pra fazer boneca. Deu um prejuízo! Meu pai até me bateu..."
Qualquer um te ama quando está prestes a gozar.


Pois é, Madonna.
- Mas ela diz que me ama.
- É mentira.
- Vou contar pra ela. Agora.
- Pode contar, ela vai me xingar, falar mal de mim. Mas continuará sendo mentira.
- Você sempre deixando as pessoas alegres...
- Bem, se te faz se sentir melhor.
- Mas você acha que eu acredito?
- Acho que não. Mas acredito que você também fala 'te amo' pra ela. Então ela fica feliz, você fica feliz, mesmo os dois mentindo. Mas quem condena?

Vagalume

Eu não entendo nunca ninguém ter estranhado uma mosquinha que brilha a bunda...

Depois que eu pensei no negócio, concluí: quem liga pra mosquinha com tanta gente com holofote na cabeça por aí?

Eu, hein.

Sobre carnes em geral

Indo de Araguari para Uberlândia passei por um caminhão, aqueles que carregam porcos para o frigorífico, com o seguinte escrito: 'transportando os inocentes para matar a fome dos pecadores". Se a intenção era me fazer sentir culpada por comer bacon: não funcionou.

Próximo.

sobre elogios

- Você é toda correta. Toda certa.
- Como assim?
- Seu jeito.
- Ah...
- Parece que você não tem maldade.
- Tenho sim.
- Mas não demonstra.
- Acho que não... Nunca pensei nisso.
- Acho que as coisas vão dar certo pra você.
- Tomara que sim.

-x

- Você viu o tanto que sua nova tia é bonita, Luciano?