Desce, vai!

É inevitável.
Dentro do ônibus simplesmente não consigo não imaginar as pessoas dançando pole dance enquanto se seguram naqueles ferros...Mas devo admitir que os velhinhos e as senhoras muito gordas me deixam constrangida.